E o meu coração também.

O dia prometia boas fotos, chuva, lama e tudo mais que jipeiros gostam. Eu fui convidado a fazer as imagens do desafio 4X4 no Rancho Jeepira.

A chuva parou a lama ficou. E a cada carro a pista piorava. Comecei de boa, fazendo as fotos de longe, só na teleobjetiva.

Não estava muito feliz e fui arriscando a chegar mais de perto, mas ainda não troquei a lente, mantive a 300 mm

Ainda infeliz com o resultado, pensei… não, não pensei. Mentira, eu não penso quando vou na cola de uma foto. Troquei e lente pra 10-20 grande angular.

Agora com a 10-20 pra se fazer uma foto tem de chegar a menos de 3 metros do alvo. E foi exatamente o que eu fiz. E deu no que deu.

Deu ruim! Muito ruim mesmo! Eu vi a lama vindo na direção da lente… eu fiz a foto da lama vindo… perco a lente, mas a foto jamais. E foi neste exato momento que, pra mim, a terra parou.

Ainda bem que fiz um curso de manutenção de maquinas e lentes, então eu mesmo me dediquei aos reparos. O que demora são as peças de reposição. No geral o dia foi bom fiz boas imagens, mas quase enfartei.

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta